Filhos da Senzala
258
Editora Schoba

Sinopse:

Ele era branco, jovem e livre. Ela, uma belíssima parda, provocante e sedutora que nasceu escrava na Fazenda Cantareira, de propriedade do temido e impiedoso Capitão Bartolomeu Moutinho Esteves. Por intenso amor a ela, o ingênuo rapaz vendeu 12 anos de sua existência ao diabólico fazendeiro e mergulhou no abismo sombrio e brutal do cativeiro, tornando-se o principal personagem de um sórdido drama.

Minha Opinião:
Sabe quando uma obra te surpreende do começo ao fim? Desde revisão e trabalho gráfico até as profundezas da história ali apresentada, pois bem esse foi um livro desses que não consigo nem mencionar um pequenino defeito nele, uma grata surpresa nacional que acredito que todos os leitores devem tê-lo em casa.

Esse é o segundo livro da editora que leio, confesso que esse foi o melhor, não só por todos elogios que já mencionei, mas também pelo trabalho da autora com essa obra, um talento nacional que não acredito que demorei tanto para ler.

Aqui encontramos algumas histórias de famílias, que logo de cara perdem duas pessoas muito queridas, uma delas é a matriarca da família Espirito Santo, um dos filhos acaba partindo sem rumo, sem destino, acaba ficando na fazenda Cantareira.

Cuja fazenda é de um capitão impiedoso e sem coração, onde suas ordens são sempre de acordo com suas vontades, tudo em prol do crescimento de sua fortuna que cada vez mais cresce sem ao menos um esforço real.

Francisco o filho que perdeu sua Mãe, acaba caindo em uma das armadilhas desse capitão e fica por anos preso em sua fazenda, um belo dia consegui fugir de lá, mas claro que Capitão Bartolomeu não deixa quieto e tenta de todas as formas ir atrás do seu fugitivo, pois nunca aceitou perder nada.

Aqui mencionei só a vida de Francisco, mas no livro encontramos as histórias de outros personagens, suas trajetórias até li, alegrias e tristezas.

Não encontramos uma simples história de superação diante de tantos fatos tristes e alguns obstáculos, conseguimos nos transportar pra dentro da história de uma maneira imaginável, a narrativa da autora nos envolve do começo ao fim, nos deixando uma linda e delicada mensagem dentro de nós.

Um dos livros que me marcou nesse ano com toda certeza e levarei ele a minha lista favoritos do ano.

Como já comentei acima, a editora caprichou na edição, revisão e trabalho gráfico impecáveis.


Indico a todos que querem algo diferente, uma leitora nova e que te surpreenda.


5 Comentários

  1. Olá, Mari!
    Fico muito feliz que tenha gostado da leitura a ponto de considerá-la uma das melhores do ano!

    A propósito, o blog está uma graça! Parabéns! Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Nossa, sua resenha me deixou mega curiosa.
    Pelo que vc diz, o livro é muito bom, gostei.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá Mari,

    Não conhecia esse livro e nem a autora, fiquei interessado pela sinopse e sa excelente resenha me deixou ainda mais curioso, excelente dica....abraço.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oiee ^^
    Não conhecia esse livro, mas depois da sua resenha fiquei bastante curiosa para ler. Livros com uma pegada mais realista sempre me deixam curiosa, principalmente os de romance e drama.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Agradeço desde já sua visita, adoraria saber sua opinião, critica, elogio, sugestão.
Ah deixe seu link que assim que possível retribuo a visita e o comentário.
Alguma dúvida enviar o e-mail para mari.blogstoriesandavice@gmail.com.
Beijo Mari ♥