Despertar - A bandeja
240
Editora Arqueiro

Sinopse:
Aos 18 anos, Angelina está prestes a viver o maior desafio de sua vida até agora: sair de Petrópolis para estudar no Rio de Janeiro, deixando para trás os cuidados e a proteção de seus pais. Assim que se instala na república de estudantes e começa a assistir às aulas, a jovem percebe que as dificuldades serão muitas. Ela divide um quarto com uma colega desorganizada, frequentadora assídua de festas e chopadas e que vive cercada de más companhias. Além disso, as condições das instalações da faculdade são precárias, e grande parte dos professores, descomprometida. Angelina já está desanimando de sua nova vida quando esbarra no lindo Alderico ou Rico , um cara capaz de fazer qualquer garota perder o fôlego. O que ela não poderia imaginar era que Rico, seu professor de linguística, se interessaria por ela também. Deslumbrada com a descoberta da paixão e certa de que Rico é seu grande amor, Angelina se joga de cabeça nessa relação, ignorando todos os conselhos que recebera dos pais a vida toda. Ao mesmo tempo começa a ter sonhos que não consegue entender: homens lhe oferecem objetos numa bandeja e, logo depois que ela os aceita, eles se transformam em feras e somem numa floresta. Primeiro volume da série Despertar, A bandeja é um romance arrebatador, que retrata os dramas e as provações pelos quais qualquer jovem passa quando se afasta de sua essência até trilhar de volta o caminho do amor verdadeiro e de Deus.
 Minha Opinião:

Já li outro livro da Lycia e gostei muito da escrita dela. Não faço comparações com autores, nem com qualquer outro tipo de coisa, pois acredito que cada um tem seu dom, sua especialidade, mas também não discordo de quem faz, simplesmente ouço e fico na minha.
 
Como sou fã de romance esse não poderia faltar na minha listinha.
 
Conhecemos a história de  Angelina, uma jovem de 18 anos, moradora de Petrópolis, mas que está indo para o Rio de Janeiro estudar em uma faculdade pública. Seu sonho é se tornar uma grande escritora.
 
Ela é uma jovem que foi criada sob os ensinamentos cristãs, sempre participando de cultos e lendo  a Bíblia, uma filha sem rebeldia ou que deixa seus Pais preocupados.
 
Ao chegar no campus da faculdade, ela vai direto para onde ficará hospedada durante o curso que irá fazer, uma república repleta de jovens. Ela terá que dividir o quarto com Michele, uma antiga amiga de infância, mas que, com o tempo, foram se afastando cada vez mais.
 
Logo no primeiro dia de aula ela se sente uma pessoa mais diferente dali, parece que vivia em mundo paralelo. É quando ela esbarra em um rapaz bastante simpático e prestativo que, percebendo que ela é nova, tenta ajudá-la.
 
Ela nem poderia imaginar que ele seria seu professor. Mesmo lutando contra tudo o que sentia, ela acaba percebendo que cada vez mais não para de pensar nele, tentando fugir dessa tentação, coisa que é quase impossível.
 
Angelina tem atitudes que nem mesmo ela imaginava que poderia ter, acaba se envolvendo demais, caiu na tentação - não somente uma vez, mas várias - , deixando seus pais cada vez mais preocupados com algumas decisões que ela está tomando.
 
Esse livro nos envolve de tal maneira que é como estarmos ali pertinho de Angelina, tentando alertá-la para não tomar tal decisão, querendo dar conselhos para que ela tome certos cuidados.
 
Realmente foi uma leitura pra lá de boa. A narrativa da autora nos cativa, mesmo sendo uma história puxada para a literatura evangélica.
 
Mas será que é tarde para Angelina reverter essa situação repleta de tentações e certos pecados? Ainda terá tempo para se arrepender e ter a vida como antes, calma e tranqüila, sem a paixão a movendo para tais atitudes?
 
Indico o livro para leitores que gostem de um bom romance e para aqueles que ainda não conhecem a escrita dessa talentosa autora nacional.




13 Comentários

  1. Ainda não li nenhum livro da Lycia Barros, mas toda vez leio alguma resenha dos livros dela fico com a certeza que irei gostar muito. Sua resenha me fez querer ler esse livro imediatamente.

    Bjinhos
    Jéssica Rodrigues
    Blog Lilian&Jéssica

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li nenhum livro da Lycia Barros mas toda vez que leio uma resenha dos livros dela fico com a certeza que irei gostar. Sua resenha me fez querer ler esse livro imediatamente rs.

    Bjinhos
    Jéssica Rodrigues
    Blog Lilian & Jéssica

    ResponderExcluir
  3. Ola Mari ainda não li nada da autora , mas vejo muitos elogios, o que me deixa assim com receio é que ela puxe demais para a religião no livro, estou com ele para ler, e tirar minhas conclusões. Que bom que apreciou a leitura . beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  4. Maaaaaaaaaari!!!
    Saudades!!!
    Tenho curiosidade em ler os livros da Lycia ou Lucia sei lá kkkk
    Mas ao mesmo tempo que tenho vontade eu perco sei lá, algo me faz ficar com pé atras
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, flor!
    Esse livro está entre os meus desejados desde que conheci a autora pessoalmente. :) Ela foi a organizadora de uma antologia de contos da qual participei (rs). Ela foi tão simpática! E me contou que conseguiu sobreviver da literatura. Tenho-a como um grande exemplo.
    Mas ainda não li nenhum dos seus livros – e pretendo! Muito! Ainda mais agora lendo sua resenha, haha. Acredita que A Bandeja estava entre os livros que quero ler, mas não sabia nada sobre a história? Menina, nem sabia que se tratava de um romance entre aluna e professor. :O
    Enfim, parabéns pela resenha. Lerei, com certeza, esse livro.

    Beijos!
    http://myqueenside.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oiee ^^
    Ainda não li nenhum livro da Lycia, mas tenho curiosidade de conhecer a escrita dela. Vi algumas atrizes da Globo tirando foto com A bandeja *-*
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi,

    Eu já livros da autora, mas não achei que fez minha linha de leitura. Quem sabe em futuro não tão distante.

    Beijos
    Silêncio Que Eu To Lendo

    ResponderExcluir
  8. Oiê...

    Então menina... já ouvi muito sobre esse livro e parece mesmo um romance cativante... ainda não tive a oportunidade de comprá-lo, mas ele está na minha lista... qualquer horas dessas eu compro... eu acho que esse tipo de romance com a pegada evangélica pode ser sim uma ótima leitura, desde que não nos eve para algo como auto ajuda... acredito que não seja o caso desse livro pelas que resenhas que já li sobre ele... Xero!!

    ResponderExcluir
  9. Acho que vi resenhas e blogueiras falando desse livro a um tempo atrás, e apesar da sua maravilhosa resenha e de ser um gênero que gosto, não o leria agora, eu ficaria doida querendo os outros liros e já tenho series e trilogias demais para serem lidas,kkkkk.

    bjs

    ResponderExcluir
  10. Já faz um tempo que não leio romances, tenho lido muita coisa mais pesada, com mensagens mais fortes, mas acho que estou precisando dar uma acalmada e me jogar no romance hahaha

    Vou colocar este na listinha de futuras leituras :D

    bjs

    ResponderExcluir
  11. Olá Mari,

    Li e resenhei esse livro no blog, gostei mas espera um pouco mais...parabéns pela sua resenha...abraço.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Tenho a versão digital em meu Kindle, quando ainda era vendido na Amazon, tenho curiosidade em ler, mas não sei, tenho medo de não gostar, pois ultimamente são poucos romances que estão me emocionando, no entanto, pela resenha, acho que vale a pena.

    Beijos.

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Mari, tudo bem?

    Li o livro esse ano e achei muito bom. Realmente, a escrita da autora é bem cativante e achei interessante o livro mostrar a religião de uma forma bem singela. Super curti

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir

Agradeço desde já sua visita, adoraria saber sua opinião, critica, elogio, sugestão.
Ah deixe seu link que assim que possível retribuo a visita e o comentário.
Alguma dúvida enviar o e-mail para mari.blogstoriesandavice@gmail.com.
Beijo Mari ♥