Orelha de livro
O Mundo pelos Olhos de Bob
222 páginas 
Editora Novo Conceito


Sinopse: 

Depois de um passado difícil, James foi adotado pelo gato Bob. Agora os dois têm um emprego de verdade (são vendedores ambulantes de revistas) e se tornaram personalidades conhecidas em toda Londres. Bob tem muitos admiradores, que passam todos os dias para vê-lo – alguns deles trazem cachecóis de lã para ajudá-lo a enfrentar os dias mais gelados. Entre truques adoráveis e manhãs de puro mau humor, Bob e James se tornam cada vez mais inseparáveis. Por trás da divertida história de um homem às voltas com seu animal de estimação, o segundo livro de James Bowen fala sobre amizade, ¬ delidade e esperança. Bob se torna a chave que traz James de volta ao mundo, a motivação que faltava para sua decisiva volta por cima. Impossível terminar de ler O mundo pelos olhos de Bob sem querer abraçar seu pet – ou adotar um! Apaixone-se...

Minha Opinião:

Quando li o primeiro livro, a leitura foi um tanto agradável e rápida. Já aqui... não foi bem isso o que aconteceu. Mesmo assim, segui até o fim, apesar de não curtir muito a leitura.
Neste segundo volume, conhecemos bem mais a história de James, um ex-viciado em drogas e que trabalha vendendo revistas perto de uma estação de trem em Londres.
Conhecemos seus pensamentos e seus traumas, desde a infância, quando seus pais decidiram se separar e ele se tornou um rapaz um tanto problemático, inclusive preocupando sua mãe, que o levou em uma clínica para tentar tratá-lo de algo que, acredito eu, ele não tinha, mas acabou sendo tratado mesmo assim.
Com a adolescência, o temperamento dele só piorou. Transformou-se em um adolescente problema e, quando se tornou mais velho, ficou inclusive um bom tempo sem falar com seus pais, deixando-os preocupados, pensando o pior.
Diante de cada dia, uma nova batalha que ele e Bob têm em vender suas revistas. A cada dia fica mais pensativo, imaginando um novo rumo para sua vida, caso conseguisse um emprego comum.
Ele realmente sofre algumas injustiças, que até eu que estava aqui ficava um tanto revoltada em como o ser humano pode ser tão cruel com seu semelhante.
Aqui encontramos como ele conseguiu vencer todos esses obstáculos - que não foram poucos -, desde vendedores invejosos, batalhas contra as drogas e doença que ele teve em certo momento, deixando seu amigo Bob bastante preocupado.
Não poderia deixar de falar um pouco desse felino que, pelo que percebi, foi um degrau para que James superasse tudo, principalmente sua luta contra as drogas.
Enfim, o livro foi bom sim, mas esperava algo diferente dele, algo a mais. O trabalho gráfico seguiu o padrão da editora, uma capa bem trabalhada, fonte ótima para leitura.
Indico a todos que leram e gostaram de “Um gato de Rua chamado Bob”, mas não criem muitas expectativas.


14 Comentários

  1. oie Mari
    esse gatinho é muito fofinho.
    Queria ler os livros, mas não me animei muito ainda :(
    pelo visto o primeiro livro é bem melhor que esse segundo.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Mari!
    Ainda não li o primeiro livro, mas vou aproveitar para ler os dois de uma vez.
    Estou curiosa pra saber como o Bob ajudou o James a ter uma visão de vida melhor. Pelo visto ele passou por poucas e boas e só precisava de um amigo que acreditasse e estivesse sempre lá por ele...exatamente o que o Bob fez.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    A história de vida de James parece ser bem comovente, principalmente pela presença de Bob. Não faz muito meu estilo de leitura, mas acho que valeria a pena conferir ao menos o primeiro, já que mencionou que foi melhor. Gostei da resenha.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Acho a história desse morador de rua e seu gatinho linda, até mesmo porque acredito na amizade com os felinos porque tenho a minha própria, haha, mas não sinto a mínima vontade de ler esses livros, ainda mais depois da sua resenha! :/
    Abraço,
    Vinícius - Livros e Rabiscos

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li o primeiro livro, então não tenho previsão de ler esse... e já vem um terceiro por aí, né? rs...

    Bom, o livro me atraiu simplesmente porque amo gatos, e acho fascinante o Bob ter tido um papel tão importante na vida do James. Que pena que o segundo livro não te agradou tanto quanto o primeiro, mas que bom que pelo menos você conseguiu terminá-lo.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  6. Oi Mari,
    tudo bem?
    Que pena que esse livro não foi tão bom quanto esperava. Engraçado, eu tinha a impressão que esse livro falaria mais sobre as aventuras desse gatinho e não foi o que aconteceu.
    E está mais do que comprovada a tese de que os animais trazem excelentes resultados de melhora nos pacientes, sei que aqui o personagem não é um paciente, mas também tem seus problemas como a droga.
    beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Mari.
    Eu comecei a ler esse livro, mas eu imaginava uma outra coisa, eu imaginava a história narrada por Bob, imaginava algo diferente do primeiro livro,algo mais fantasioso. Mas até a parte que li é o James dando voz ao Bob e isso não me convenceu, achei tudo muito repetitivo já que muita das situações que ele conta foram narradas no primeiro livro.
    Eu não terminei a leitura, ela está pausada, pretendo retornar e ver se a história me oferece novas informações.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  8. Oi Mari...
    Infelizmente não tenho interesse na leitura dessa série. Eles não me chamam a atenção e a premissa da história parece-me muito triste. Gosto de drama de histórias tensas, mas esse não conseguiu me chamar a atenção. A sua resenha só fez eu ter certeza de que não vou mesmo ler, apesar da defesa que ele teve mesmo você dizendo para não ter muitas expectativas. Xero!

    ResponderExcluir
  9. Oi Mari, tudo bem?

    Acho o Bob um fofo e é impressionante o que animais de estimação fazem com o ser humano, parece que eles têm o dom de trazer os humanos de volta à vida, isto é um incrível. Conheço muitos casos de pessoas que melhoraram graças ao convívio com estas criaturas fantásticas.

    Amei a sua resenha, uma delícia de ler, mas não me animo a ler o livro por ser daqueles que têm sequência.

    Bjs
    Tânia Bueno
    facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Mari, tudo bem?

    Acho o Bob um fofo e é impressionante o que animais de estimação fazem com o ser humano, parece que eles têm o dom de trazer os humanos de volta à vida, isto é um incrível. Conheço muitos casos de pessoas que melhoraram graças ao convívio com estas criaturas fantásticas.

    Amei a sua resenha, uma delícia de ler, mas não me animo a ler o livro por ser daqueles que têm sequência.

    Bjs
    Tânia Bueno
    facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oiiiiiii

    Primeiro, não gosto de gatos, tenho alergia. Por isso tudo ligado a gatos me causa nervoso.
    Mas mesmo tendo essa grande aversão eu estou no book tour do primeiro livro, espero gostar.
    Adorei sua resenha, muito bem escrita.

    ResponderExcluir
  12. Oi Mari!
    É tão chato quando a gente cria expectativas e espera mais do livro e isso não acontece! Tem umas amigas minhas que brincam comigo falando da maldição do segundo livro! ahhaha
    ai ver foi isso!
    Eu não li nem o primeiro ainda! Pretendo ler um dia!
    Beijos
    http://overdoselite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá nossa estou adorando conhecer seu blog! Muito matéria 10++. Em especial essa do "Bob" eu amo a história deles acho linda e muito inspiradora, li o livro 2 vezes e logo vou iniciar a leitura do segundo! Super recomendo esse livro, parabéns pelo post!
    bjus
    Lilian Lima
    www.lilianlima.com

    ResponderExcluir
  14. Olá como vai ?
    Tinha visto esses livros já, mas nunca aprofundei no assunto, não li o primeiro nem mesmo a sinopse então não vou poder opinar sobre a resenhas, mas gostaria de dar uma chance para os livros da série !!
    Beijos, Carlos.

    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Agradeço desde já sua visita, adoraria saber sua opinião, critica, elogio, sugestão.
Ah deixe seu link que assim que possível retribuo a visita e o comentário.
Alguma dúvida enviar o e-mail para mari.blogstoriesandavice@gmail.com.
Beijo Mari ♥