Uma carta de amor
288 páginas 
Editora Arqueiro


Sinopse:

Há três anos, a colunista Theresa Osborne se divorciou do marido após ter sido traída por ele. Desde então, não acredita no amor e não se envolveu seriamente com ninguém. Convencida pela chefe de que precisa de um tempo para si, resolve passar férias em Cape Cod. Durante a semana de folga, depois de terminar sua corrida matinal na praia, Theresa encontra uma garrafa arrolhada com uma folha de papel enrolada dentro. 
Ao abri-la, descobre uma mensagem que começa assim: “Minha adorada Catherine, sinto a sua falta, querida, como sempre, mas hoje está sendo especialmente difícil porque o oceano tem cantado para mim, e a canção é a da nossa vida juntos.” 
Comovida pelo texto apaixonado, Theresa decide encontrar seu misterioso autor, que assina apenas “Garrett”. Após uma incansável busca, durante a qual descobre novas cartas que mexem cada vez mais com seus sentimentos, Theresa vai procurá-lo em uma cidade litorânea da Carolina do Norte. Quando o conhece, ela descobre que há três anos Garrett chora por seu amor perdido, mas também percebe que ele pode estar pronto para se entregar a uma nova história. E, para sua própria surpresa, ela também. 
Unidos pelo acaso, Theresa e Garrett estão prestes a viver uma história comovente que reflete nossa profunda esperança de encontrar alguém e sermos felizes para sempre.

Minha Opinião:

Eu sou fã de carteirinha do Nicholas, mesmo ouvindo e percebendo que muitas vezes suas histórias sejam um tanto previsíveis, com morte e tristeza, nos levando sempre as lágrimas.

Aqui conhecemos a bem sucedida jornalista Theresa Osbone, que mora em Boston com seu filho. Ela se separou de David três anos atrás, após uma traição. Desde então não acredita mais que irá encontrar um novo amor.

Ela vai passar alguns dias em Cape Cod. Durante uma corrida na praia acaba encontrando uma garrafa com uma carta romântica que toca seu coração.

Conhecemos também o marinheiro Garrett Blake, que perdeu sua esposa há exatamente três anos. Ele sempre escreve cartas para ela, pois essa perda não está sendo fácil, sente muita falta de Catherine e expressa todos seus sentimentos através das cartas.

Essa é a mesma carta que Theresa encontra. Uma delas, na verdade. Depois de falar com uma amiga, ela acaba sendo convencida a ir atrás da pessoa que escreveu todas as cartas.

O encontro acontece, uma forte atração entre dois surge logo de cara, algo mágico que nenhum deles podia imaginar, já que um já não acredita tanto no amor e o outro sofre a perda de um grande.

Mas após esse primeiro encontro, ainda terão outros. Algo surge no meio do caminho dos dois.  Obstáculos, dificuldades. Finalmente a história sofre uma reviravolta, após alguns segredos que são revelados durante o enredo.

É um livro que me deixou com aquela sensação que o amor existe, esse amor real que não vemos com muita frequência, onde uma pessoa que o perde fica sem chão, tentando mantê-la sempre viva em seus pensamentos.

A história em si não fugiu do que sempre encontramos nos livros de  Nicholas, repleto de emoção, tristeza e amor, mas também é aquela leitura um tanto leve, que conseguimos imaginar e refletir.

Indico a todos que querem um romance assim, um tanto previsível, repleto de emoção, sentimentos a flor da pele.

A editora como sempre perfeita com a diagramação, a capa segue o modelo dos outros livros lançando do mesmo autor, fonte ótima pra leitura e folhas amarelas.


15 Comentários

  1. Oie Mari
    Também sou fã de carteirinha do Sparks. Acho que já esperamos esses finais deles, mas sempre me comovo e choro. Gosto das mensagens que ela passa através dos seus livros, são ótimas. Eu já li esse livro e concordo com você. Quando eu li Uma carta de amor eu também tinha aquela sensação de imaginar o amor verdadeiro, do amor simples. É uma história bem bonita. Ótima resenha!!

    Beijos,
    Jéssica
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  2. Olá

    Não me interesso pelos livros desse autor, acho que é justamente por conta da sua previsão de fatos e eu não ter simpatizado nenhum pouco com sua escrita quando tive a oportunidade de lê-lo.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  3. Esse livro eu não li, mas já vi o filme. Lembro que vimos eu e mamãe há muito tempo e ela chorou horrores e disse que não queria ver nunca mais, que eu podia ficar com o dvd pra mim. rsrsrs
    Como vc disse, o Nicholas segue um padrão em todos os livros; muda uma coisa aqui, outra ali, mas a essência é a mesma. Isso me deixa desanimada a ler, mas vou procurar por este pra poder comparar com o filme.
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
  4. Oi Mari...
    Eu também sou fã do Nicholas Sparks, mesmo com tantas pessoas insistindo em falar que ele escreve a mesma coisa e BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ, eu nem ligo quando alguém fala isto. haha!
    Eu ainda não tenho Uma carta de amor e é um livro que eu quero muito ler. Estou apenas esperando a oportunidade... Sua resenha está incrível, já li várias resenhas do livro e a primeira que eu li me decepcionei pois a menina soltou um MEGA SPOILER :\


    Grande abraço, www.likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Nunca li Sparks, mas estou pensando seriamente.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  6. Oiee, eu li este livro tem pouco tempo e eu adorei, todos os livros do Nicholas Sparks sempre me emocionam de um forma muito surpreendente, e com Uma Carta de Amor não foi diferente, durante todo o livro eu fiquei torcendo para que os dois ficassem juntos e aquele final me deixou sem chão kkkk, mais uma vez o autor me surpreendeu e me deixou com aquele gostinho de QUERO MAIS!!! kkk, Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Mari, ao contrário de você, eu não sou fã do Nicholas, li alguns livros dele, mas nenhum conseguiu despertar aquela paixão pela narrativa e pelas histórias.
    Assim aconteceu também com esse livro, chorei horrores como sempre,mesmo ciente dos finais previsíveis eu me emociono, mas não foi nada que marcasse.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  8. Oi flor... Eu bem sei como são os livros do autor mesmo sem ter lido nenhum e estar com três na estante para a leitura. Eu falo isso porque as resenhas que leio costumam me emocionar e acredito que irei gostar, mas ainda não consigo dizer porque ainda não li nada dele. Sua resenha foi linda e simples... vc citou os pontos fortes e disse que dá a sensação de aquele amor mais real existe e isso me fisgou... Xero!!!

    ResponderExcluir
  9. Quando falam de Nicholas Sparks, me bate aquela vontade de ler um livro dele. O único que li até hoje, foi Um Amor para Recordar. E eu amei. Chorei. Me emocionei. E com certeza é um amor par recordar. Este livro, como sempre, me chamou atenção, não por ser escrito pelo Sparks, mas por ele escrever um romance do jeito que eu gosto. E este livro parece que tem muitas surpresas e eu adoro isso!
    Beijos!
    Misael
    http://devoradoresde-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Mari, tudo bem?
    Ainda tento entender como você pode gostar tanto do tio Nick. Hahaha
    Beijo e espero que você aprecie o novo lançamento dele!

    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Olá Mari, hoje é a segunda resenha que leio deste livro. hahahahahah
    Mas vamos lá, notei que você gostou muito do livro, li os pontos que você levantou. Gostei bastante do li, mas sinceramente?
    Não sei, eu não me senti conectada com esta historia, eu tenho muitos livros do Nicolas aqui, mas ate hoje não li nenhum, pois tenho medo. Muita gente diz que ele é o mestre de te fazer amar e depois criar ódio no final de cada livro. Então por isso tenho medo.
    Bom flor desta vez eu deixarei passar este livro, mas nunca digo que não vou ler, pois não sei o amanhã. Mas se um dia eu senti que estou preparada com toda certeza leio a este e aos outros.
    Parabéns flor pela resenha!

    Beijokas Ana Zuky

    Blog Sangue com Amor

    ResponderExcluir
  12. Oi Mari!
    Eu adoro os livros do Nicholas e aceito um box completo de presente! haha Ele sempre nos ensina alguma coisa e, a principalmente mensagem dele, é sobre o amor. Tenho so 4 livros, vergonha, eu sei. Mas ainda to pra comprar todos.

    Beijos,
    Nina

    ResponderExcluir
  13. Mari, juro que eu achei que me apaixonaria pela escrita do Nicholas no primeiro livro que lesse dele, porque essa receita de emoção, tristeza e amor normalmente me conquista imediatamente. Mas li Um Homem de Sorte e Um Porto Seguro, e não me senti arrebatada por eles não. Gostei da parte em que você disse que esse livro te deixou com a sensação de que o amor real existe, quem sabe Uma carta de amor não se torna a minha próxima leitura do autor...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  14. Oi Mari! Muita gente fala mal, diz que é sempre a mesma coisa, muita gente ama e lê sempre todos, eu vejo todos os filmes e amo, ainda não li então não falo nada! Mas vou ler em breve! Parabéns pela resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Olá Mari,

    Esse livro esta na minha lista de desejados, gosto da escrita do autor e pela sua resenha creio que vou gostar desse também...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Agradeço desde já sua visita, adoraria saber sua opinião, critica, elogio, sugestão.
Ah deixe seu link que assim que possível retribuo a visita e o comentário.
Alguma dúvida enviar o e-mail para mari.blogstoriesandavice@gmail.com.
Beijo Mari ♥