Sangue Quente
Isaac Marion
Total de Páginas: 256
Editora: Leya Brasil

Sinopse:
R é um jovem vivendo uma crise existencial - ele é um zumbi. Perambula por uma América destruída pela guerra, colapso social e a fome voraz de seus companheiros mortos-vivos, mas ele busca mais do que sangue e cérebros. Ele consegue pronunciar apenas algumas sílabas, mas ele é profundo, cheio de pensamentos e saudade. Não tem recordações, nem identidade, nem pulso, mas ele tem sonhos. Após vivenciar as memórias de um adolescente enquanto devorava seu cérebro, R faz uma escolha inesperada, que começa com uma relação tensa, desajeitada e estranhamente doce com a namorada de sua vítima. Julie é uma explosão de cores na paisagem triste e cinzenta que envolve a "vida" de R e sua decisão de protegê-la irá transformar não só ele, mas também seus companheiros mortos-vivos, e talvez o mundo inteiro. Assustador, engraçado e surpreendentemente comovente, Sangue Quente fala sobre estar vivo, estando morto, e a tênue linha que os separa. 


Sinopse:
Um dos livros que sempre li resenhas positivas, mas minha vontade em lê-lo era mínima. Confesso que esse enredo não é dos meus favoritos, personagens zumbis, enfim. Mas como boa leitora sou aberta para todos os tipos de história e resolvi pedí-lo emprestado a uma amiga blogueira, a Pam do blog O diário do Leitor, agradeço a ela por essa oportunidade.

O livro nos traz a história do zumbi R que é um jovem que mora em um antigo aeroporto junto com outros mortos vivos. Ele está em uma crise existencial como é mencionado já na sinopse do livro.

“Sempre que vou até a cidade, acabo trazendo comigo algo que me chama a atenção. Um quebra-cabeça. Um copo de tequila. Uma Barbie. Um vibrador. Flores. Revistas. Livros. Trago tudo para minha casa, espalho pelas poltronas e corredores e fico olhando pra eles durante horas.”

Em umas de suas visitas à cidade ele conhece Julie, uma linda moça que o conquista. Até ai não conseguia imaginar um Zumbi se apaixonando por uma pessoa viva, sem pensar em devorá-la, um ponto que pra mim foi um diferencial nesse tema.

Claro que os cenários dessa história não são nada semelhantes a um romance comum. Mesmo com o casal apaixonado é próximo da realidade de zumbis, com sangue, pedaços de corpos, cheiros desagradáveis e menções de degustação de pessoas, como o próprio R devorando o namorado de Julie.

Mas o livro nos mostra um mundo que a cada dia estamos mais próximos, talvez, em meu ponto de vista sem esperança, uma destruição total. O autor critica o modo como vivemos hoje em dia, nos fazendo refletir sobre diversas coisas.

Como mencionei no começo dessa resenha não sou fã de zumbis, mas esse livro me agradou e me surpreendeu com uma história diferente e reflexiva.

Indico o livro para aqueles curiosos assim como por uma leitura diferente.



12 Comentários

  1. Que bacana! Eu não tinha vontade de ler por causa da birra com o filme sabe? Mas acho que o livro parece ser mais inteligente e ter um apelo mais interessante.

    (desconstruindoaspalavras.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
  2. Minha amiga leu esse livro e adorou estou doido para ler, beijos !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    Eu estava bem curiosa para ler este livro, mas ao saber que era sobre zumbis fiquei com receio.
    Mas ainda pretendo ler.

    Adorei sua resenha!
    Beijinhos*

    ResponderExcluir
  4. Estou passando aqui para carinhosamente convidá-la a participar da campanha divulgacional do meu futuro livro, o "Doce Sonho Alado". Ele já está escrito, só estou aguardando uma editora para publicá-lo.
    A campanha chama-se "Queremos ler Doce Sonho Alado" e tem como objetivo atrair possíveis futuros leitores para que desde já fiquem atentos às novidades.
    Aqui tem uma "amostra grátis" do primeiro capítulo. Se tiver um tempinho leia, e se gostar e quiser participar da campanha, avise-me através do link que está na página 14: http://pt.scribd.com/doc/145765771/Doce-Sonho-Alado-Amostra

    Desde já agradeço por tudo, mesmo que você não queira participar!

    Beijinhos Alados ♥

    ResponderExcluir
  5. cara eu já li esse livro, eu gostei muito sabe

    ResponderExcluir
  6. Olá Mari, sinceramente não faz muito o meu estilo essa história de zumbi com sentimentos e pensamentos, mas como me surpreendi demais com The walking dead estou simplesmente apaixonada pela série, pode ser que goste deste livro, vou dar um votinho de confiança futuramente quem sabe? Adorei a resenha beijão. Te vejo lá pela cabana. http://www.cabanadoslivros.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Adorei a sua resenha. Eu também não sou fã de Zumbis, mas sou bem curiosa em relação a esse livro =)

    Abraços,
    Marinah | Blog Marinah Gattuso

    ResponderExcluir
  8. Oi Mariii
    Adorei sua resenha. Ainda não li o livro, mas vi muita gente aprovando ele, bem diferente do filme.
    Ainda quero lê-lo, mas não é prioridade na minha listinha...

    Beijosss flor

    TeLa
    http://www.penseiraliteraria.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Mari,
    Não sei o que achar do livro, já vi várias resenhas positivas do livro e tenho o mesmo sentimento que vc, quem sabe se um dia eu vim a lê-lo eu o olhe com outro olhos
    Um Beijo, Brubs
    Livros de Cabeceira
    @IWannaRuffles

    ResponderExcluir
  10. gente, como vc nao gosta de zumbis? é do time dos unicórnios é? ahsuhasuas. poxa, eu adorei o livro. apesar de não retratar os famosos zumbis, o livro é bem bom no quesito reflexão. o autor foi bem inteligente.
    beijos,
    Amy - Macchiato

    ResponderExcluir
  11. Oi, Mari!
    Assim como você, eu nunca senti muita vontade de ler esse livro. Apesar do filme e dos comentários super positivos, os zumbis continuam nao sendo os meus favoritos para um romance.rs
    Quem sabe algum dia eu acabe me rendendo, mas por enquanto ainda prefiro passar bem longe.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Nossa, agora fiquei mais doido ainda por esse livro!! *---------*

    Vi seu blog no Diário do Incentivo A Leitura, e adorei! Estou seguindo. =D

    http://leiturasdoedu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Agradeço desde já sua visita, adoraria saber sua opinião, critica, elogio, sugestão.
Ah deixe seu link que assim que possível retribuo a visita e o comentário.
Alguma dúvida enviar o e-mail para mari.blogstoriesandavice@gmail.com.
Beijo Mari ♥