Título do Livro: Garoto encontra garoto
Autor (a): David Levithan
Editora: Galera
Número de Páginas: 240
Onde comprar: Buscapé
Nota: 5 estrelas
 Sinopse: Nesta mais que uma comédia romântica, Paul estuda em uma escola nada convencional. Líderes de torcida andam de moto, a rainha do baile é uma quarterback drag-queen, e a aliança entre gays e héteros ajudou os garotos héteros a aprenderem a dançar. Paul conhece Noah, o cara dos seus sonhos, mas estraga tudo de forma espetacular. E agora precisa vencer alguns desafios antes de reconquistá-lo: ajudar seu melhor amigo a lidar com os pais ultrarreligiosos que desaprovam sua orientação sexual, lidar com o fato de a sua melhor amiga estar namorando o maior babaca da escola... E, enfim, acreditar no amor o bastante para recuperar Noah!


Sou suspeita a falar do Levithan, é um dos meus autores preferidos.

O mundo ama rótulos idiotas. Eu queria que nós pudéssemos escolher os nosso.

Para quem não gosta ou simplesmente tem um preconceito idiota gênero de leitura LGBT, passe longe de livro, ou melhor, largue esse preconceito retardado e leia, pois certeza que irá aprender bastante com esse livro.

Eu não acredito em abraços parcias. Não consigo suportar gente que tenta abraçar sem se tocar. Um abraço deve ser completo. (...)

A história não tem nada focar em um romance tórrido gay, a história foca em uma linda conquista. Paul conhece Noah. Noah é a melhor pessoa que Paul poderia conhecer, mas acaba estragando tudo. Paul tem que tentar consertar tudo, além de tentar ajudar seu amigo com pais religiosos que não aceita que seu filho é gay, lidar com fato da sua melhor amiga estar totalmente cega e apaixonada por um babaca, além de lidar com seus problemas pessoais e da escola. Não será nada fácil para Paul, ele sabe em quem pode confiar e pedir ajuda.
 - Parte de amar é deixar a pessoa ser quem ela quer ser.

É uma história leve e engraçada, bem puxado para o lado da comédia. Levithan consegue mistura em um único local, a escola várias pessoas e tribos diferentes, escola que a gente sabe onde nasce e vive o bullying, mas o autor conseguiu reverter a situação e colocar gays, lésbicas, bisexuais, drags e heteros para viverem juntos e se respeitarem. Mas o melhor da história não é isso e sim a forma como Paul tenta de todas as formas reconquistar Noah.

Quando você existe como criação própria, ou seja, quando você se dedicou tanto a criar a si mesmo, às vezes é difícil deixar as outras pessoas cheguem perto o bastante para ver as costuras, as falhas, as partes de você que ainda não estão prontas. 
É um livro simples, que muitos não gostam e não iram gostar, mas que para mim, foi muito bom. Um livro com uma escrita fácil e ágil. Um livro para agradar e desagradar. Um livro para mostrar que o amor não tem gênero, classe ou cor, que a melhor forma de conquistar alguém é sendo vocês e sincero com seus sentimentos.

Parece que a timidez é o motivo para o cupido precisar de flechas



27 Comentários

  1. Gosto do David tocar em assuntos como homossexualidade, ele é um autor que escreve isso muito bem, amei o livro e aprendi a aceitar mais certas coisas, li super rápido, indico muito, mesmo realmente sendo simples

    ResponderExcluir
  2. ainda não li nenhuma obra do levithan, mas leio muitos elogios. o que mais me atrai é a forma leve q ele trata um assunto tão pesado quanto a questão da homo afetividade. o único problema que eu tenho com esse livro e que eu acho q é teen demais p mim

    ResponderExcluir
  3. O livro promete ser muito bom, pelo menos para mim haha
    Chamou muito minha atenção, principal e essa mistura com o humor.
    Beijooos!
    www.estantemineira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. O livro promete ser muito bom, pelo menos para mim haha
    Chamou muito minha atenção, principal e essa mistura com o humor.
    Beijooos!
    www.estantemineira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Mari tudo bem? Adorei a estória do livro, parece ser simples mas gostoso de ler! Enfim, fiquei com vontade de ler, valeu pela dica. Da pra ler em um dia né? Rs
    Beijos
    André

    Pausa Para Pitacos - TOP COMENTARISTA DE ABRIL


    Pausa Para Pitacos - PROMOÇÃO PORQUE SIM!

    ResponderExcluir
  6. oooi!
    eu amo os livros do David Levithan, eles sempre tem uma escrita fluida, fácil e divertida o que deixa a leitura gostosa e agradável. ainda não li esse mas já li outras obras do autor e aposto que garoto encontra garoto seja tão bom quanto! boa resenha! bjs xx

    ResponderExcluir
  7. Nunca li nada do autor e tenho muita curiosidade...
    Não li muitos livros com temática LGBT e gosto do tema.
    Parece ser um livro muito lindo e leve, já quero.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  8. O livro parece ser muito bom ainda mais por falar com leveza de temas que ainda são tabus.
    Essa escola só existe na ficção, infelizmente. Hoje ser diferente é complicado e um livro que não se importa em tocar no assunto é sempre muito bommbom.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oiee ^^
    Eu também sou suspeita para falar do David ♥ amo os livros dele (todos que eu li até agora, fazer o quê, né, o cara é incrível!), e amo mais ainda que ele escreve romances homoafetivos ♥ Quero ser como ele quando crescer...haha' ♥ Eu sou apaixonada por esse livro, sem mais.
    MilkMilks

    ResponderExcluir
  10. Não tenho preconceito com literatura LGBT não, mas não leio muito, simplesmente porque me identifico mais com outros tipos de livro. Mas um livro do David, Dois garotos se beijando, se tornou um dos meus preferidos então de vez em quando leio algo dele. Mas não fiquei com vontade de ler esse, acho que por puxar para a comédia, gosto de histórias tristes, quanto mais tristes melhor... rs...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  11. Oi Brubs, sua linda, tudo bem?
    Ainda não tive a oportunidade de ler nenhum livro do autor que é muito elogiado. Esse livro em específico parece ter uma linda mensagem, de respeito, tolerância e amor. Dica mais do que anotada.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruna,

      Já li várias resenhas legais dos livros do David Levithan e até comprei um box com três dos livros dele, mas ainda não os li e quero muito ler para conhecer o magnetismo da escrita do autor. Sem falar que não sou preconceituosa e acredito que todas as formas de amar valem a pena. O romance que agrega também comédia realmente me seduz e este já está na minha lista.

      Bjo
      Tânia Bueno Faces

      Excluir
  12. Oi, tudo bem?
    Eu tenho tanta vontade de ler os livros do David Levithan e tenho dos livros dele aqui, ainda não li por conta da minha lista de leitura, mas quero fazer ainda esse ano
    Garoto encontra garoto eu não tenho, mas também está na lista. Muito bom ele ter uma escrita fácil e fluída, isso me deixa animada e espero gostar como você.

    Beijos,
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  13. Ainda não li nenhum livro do David, mas é por medo de não me identificar e acabar não gostando dele (geralmente não me identifico com a faixa etária das histórias e ai prefiro deixar pra quem gosta ao invés de criticar sem motivo, rs). Ele e John Green tão juntos nessa categoria na minha estante imaginária :) Mas adoro as ideias das histórias e como ele trata temas "polêmicos".

    Ótimo post!

    Bjs, Cass | www.livroseoutrascoisas.com.br

    ResponderExcluir
  14. Sem dúvidas é um livro para se ler de mente aberta, acho que esse preconceito literário, seja com este gênero, ou outros é bem cafona, para não dizer outra coisa, prefiro bem mais ler um livro de uma boa história, mesmo sendo polêmico para alguns, do que me privar de algo tão incrível. Enfim, tenho um amigo que fala super bem dos livros do autor, principalmente de Garoto encontra Garoto, tanto que me deixou curiosa, e agora com a resenha, preciso ler esse livro o quanto antes! Ótima resenha Brubs!

    Da Imaginação à Escrita

    ResponderExcluir
  15. Oi Brubs!!!
    Tenho uma curiosidade enorme em ler esse livro (e os outros do do David), principalmente pelo tom bem humorado com que ele abordou várias questões na história. Só pela sinopse a gente já fica tentada a ler, imagina lendo resenhas tão favoráveis quanto a sua?
    Não tenho nenhum tipo de preconceito, mas nunca li nenhum livro onde os protagonistas sejam gays. Garoto Encontra Garoto tá na minha lista de desejados desde o lançamento e tenho certeza que as lições que tem nele me acompanharão por toda vida.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Por favor, que larguem o preconceito MESMO! Romances homossexuais as vezes são bem mais legais do que romances héteros em livros.
    Eu só li um livro do Levithan até hj que foi Will e Will, não gostei tanto assim mas deu pra perceber o potencial do autor. Garoto encontra Garoto é um que eu tenho muita vontade de ler, parece que nos ensina muito.

    beijo

    ResponderExcluir
  17. Nunca li nada do autor,acho que o puxão de orelha aí em cima foi para mim !! Mas nem sei se chega a ser preconceito,gostei bastante da sua descrição da trama e me deu vontade de ler,então acho que falta vencer esse impedimento que nem mesmo sei o que é , pois gosto de histórias de superação, tolerância e principalmente de amor.

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
  18. Olá Bruna,

    Já li várias resenhas legais dos livros do David Levithan e até comprei um box com três dos livros dele, mas ainda não os li e quero muito ler para conhecer o magnetismo da escrita do autor. Sem falar que não sou preconceituosa e acredito que todas as formas de amar valem a pena. O romance que agrega também comédia realmente me seduz e este já está na minha lista.

    Bjo
    Tânia Bueno Faces

    ResponderExcluir
  19. Olá Bruna,

    Já li várias resenhas legais dos livros do David Levithan e até comprei um box com três dos livros dele, mas ainda não os li e quero muito ler para conhecer o magnetismo da escrita do autor. Sem falar que não sou preconceituosa e acredito que todas as formas de amar valem a pena. O romance que agrega também comédia realmente me seduz e este já está na minha lista.

    Bjo
    Tânia Bueno Faces

    ResponderExcluir
  20. Se eu te disser que eu tinha esse livro em casa e não li, acabei cedendo para um sorteio em parceria, mas nada que me impeça de tentar obte-lo de novo, eu tenho conceitos sobre orientação sexual, mas sempre respeitando o próximo, foi assim que Cristo e minha mãe me ensinou..rsrs. Já cheguei a ler livros do gênero e gostei muito da historia, e acredito que irei gostar desse.

    Beijos

    Viviana

    ResponderExcluir
  21. Oi! Nunca li nada do autor, mas tenho interesse mais ou menos, acho que ele publica praticamente so livros sobre o universo lgbt, queria ver ele da uma variada! O unico livro dele que tenho mais vontade de ler é todo dia!

    ResponderExcluir
  22. Olá!
    Não conhecia o livro. A sinopse me deixou muito intrigada para ler. Mas vou ser bem sincera, se o livro for voltado mais pela orientação sexual eu não leria, mas se for a comédia a dominante do gênero a sim leria numa boa.
    Sua resenha está maravilhosa.
    Vou procurar mais informações sobre o livro pra ter certeza se vou ler.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  23. Não tenho preconceito, pelo contrario, penso que devemos ficar com quem nos faz feliz. Eu vi um box com os livros do Levithan e infelizmente no dia eu estava sem dinheiro :(
    Esse e s outros do autor estão na minha lista de leitura.
    O que mais me conquistou na sua resenha é saber que há um pouco de comédia, muito bom para levantar um pouco o nosso humor :)
    Adorei os quotes escolhidos, principalmente o primeiro

    ResponderExcluir
  24. Preciso ler urgentemente os livros de David. Todos que lêem dizem adorá-los. Gosto muito dos quotes que você escolheu(o primeiro foi melhor!) Bjus

    ResponderExcluir
  25. Oi!
    Ainda não li nada do David Levithan, mas tem alguns livros dele que estão na minha lista de leitura assim como esse, gostei muito da historia que parece linda e apaixonante e principalmente dos personagens que parecem nos conquista, quero muito ler esse livro !!

    ResponderExcluir
  26. Ainda não li nada do autor, mas sempre ouço falarem muito bem dele. As capas de seus livros são muuuuito lindas. A história desse me parece ser linda também. Parabéns pela resenha.

    Beijinhos da Mady.

    ResponderExcluir

Agradeço desde já sua visita, adoraria saber sua opinião, critica, elogio, sugestão.
Ah deixe seu link que assim que possível retribuo a visita e o comentário.
Alguma dúvida enviar o e-mail para mari.blogstoriesandavice@gmail.com.
Beijo Mari ♥