Para onde vai o amor
Autor: Carpinejar
Editora Bertrand Brasil
Número de Páginas: 176

Sinopse: O amor não é uma propriedade de quem sente, é uma transferência total para quem é amado Você que está vendo este livro com dúvida se precisa dele, você não precisa dele, precisa de si, vive caçando uma palavra que confirme o que deseja, está atrás de um escritor que possa lhe recomendar de volta para quem brigou, com capacidade de explicar o que sente e traduzir seus tormentos. Mas já sabe o que deseja, não há como convencer do contrário, os amigos mostraram que seu relacionamento não tem futuro. Não acredita neles, acredita somente no milagre. E como justificar um milagre, ainda mais para quem não tem mais fé? Eu entendo o que está passando: sua raiva, sua amargura, seu cinismo, seu desencanto. Percebeu que a razão não conforta, que a vingança ou o perdão não ressuscita a tranquilidade, que o fundo do poço nunca se equivale ao nosso fundo. Você parece normal, mas todo mundo deixa de ser normal quando se apaixona e se separa. Se sua expectativa é por uma solução, eu guardo apenas uma certeza que trará alívio mais adiante: você não vai desistir. Quando diz que acabou a relação, é que está procurando um outro jeito de recomeçar. Em seu novo livro de crônicas, Carpinejar apresenta 42 textos que sobre amor, desilusão amorosa, casamento, divórcio, saudade e outros sentimentos que compõem os relacionamentos. • Novo livro de crônicas do autor gaúcho. • Décimo sexto livro do autor publicado pela Bertrand Brasil — oitavo de crônicas.

Minha Opinião:

Logo que vi o livro pensei em ler. Por fim, acabei ganhando de aniversário da Pam, do blog O diário do leitor, a quem sou imensamente grata, pois foi uma leitura além do que imaginava. Tanto é que devorei as páginas logo que me vi sozinha com ele e se tonou um dos meus favoritos desse ano com toda certeza.

Um livro com crônicas e com todo o tipo de elementos sobre o amor: o que ele pode nos trazer, da alegria àquela lágrima de dor. Diante dos 58 textos encontrados no livro, fica difícil escolher um que me chamou mais atenção ou aquele que me deixou por mais tempo refletindo sobre o que encontrei entre as entrelinhas.

Seu início trata-se daquele começo do amor, do primeiro olhar, do primeiro toque, aquela sensação de que não consegue viver mais longe. No decorrer da história, vamos conhecendo os obstáculos encontrados durante o amor. E, por fim,  o triste final com a separação, onde nos perguntamos: pra onde foi todo aquele amor; ele mudou ou simplesmente sumiu?

Poderia ficar falando mais sobre a obra, mas acredito que por mais que escreva, ainda não será suficiente. Acredito também que, cada um lendo, tire uma lição, uma visão distinta, de acordo com o momento da leitura, ou simplesmente a visão dessas palavras.

Para mim cada texto casou com o outro perfeitamente. De certa forma, um completava o outro, deixando a leitura leve e rápida.

Em suma, indico a todos, principalmente aqueles que ainda não conhecem nada do Carpinejar, como eu, até a leitura desse livro, que, por sinal, comecei com o pé direito.

Durante a leitura acabei escolhendo alguns trechos que resolvi publicar aqui:

"Obrigar o outro é desamor."
"A dor não cria portas, a dor unicamente levanta paredes."
“Não Há amor sem risco. O amor é o próprio risco.”
“Não é simples colocar um marcador de página numa história de amor, e abandonar a leitura.”
“É como se descobrisse que somos vampiros do amor: não há morte em nossa entrega.”


18 Comentários

  1. Menina, tudo que Carpinejar escrever é divino.
    Eu imagino como este livro é bom e notei que tem poucas páginas! :( quando a tente gosta de livro quer que ele seja bem grandão ♥


    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  2. O livro parece um encanto só, adorei os temas abordados e bateu uma curiosidade enorme de saber mais.
    Minha lista só cresce, Jesus!
    Bjim!

    Tammy
    Livreando | Facebook

    ResponderExcluir
  3. Oi, flor!
    Adorei saber que você gostou desse texto. Vi uma crítica muito negativa a respeito das crônicas do autor nessa obra, mas confesso para você que mesmo assim não me desanimei em lê-la. Ainda bem, pois acho que vou curti-la como você.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, Mari.
    Eu ainda não li nada de Carpinejar hehe. Mas já tinha visto esse livro em outros blogs. Infelizmente, eu não gosto de livros de crônicas, só leio mesmo quando não tem outra coisa hehe. Mas sempre dou prioridade a outros gêneros. Como tenho uma lista enorme de livros parados na estante, já viu hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Mesmo tendo amor, desilusões amorosas e eu gosto de ler sobre isso, o livro em si não me chamou a atenção, pelo contrário ele pareceu ser bem chato, bjss
    http://leesoncre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oiee.

    Já li uns 4 livros do autor e confesso que estou bem curiosa quanto a este. Sua resenha me deixou ainda mais curiosa para conhecer esse livro mais de perto

    Beijos
    Amor Literário

    ResponderExcluir
  7. Não sou muito fã de crônicas, mas achei a ideia do livro interessante... acho que muitos de nós já se perguntaram pra onde foi o amor no momento de uma dificuldade de relacionamento. E eu, particularmente, gosto de livros curtinhos quando to de ressaca literária haha

    xoxo
    Brenda S. | Sonhos em Tinta

    ResponderExcluir
  8. Não curti muito esse livro, mesmo vendo que ele tem uma leitura rapida e leve. Parece ser bom, mas não faz muito o meu tipo. Gostei do blog não conhecia :) É lindo!!!
    Bjsss

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá

    O que gosto em livros assim e que sempre tem um texto que você se identifica,mesmo que você não goste dos outros,mas vai ter um que vai refletir seu dia ou uma situação que você está passando,adorei a resenha.

    Bjss

    ResponderExcluir
  10. Olá Mari,
    Tenho visto muitos elogios para esse livro. Ainda não li nada do Carpinejar, mas quero ler esse e espero começar com o pé direito, como você.
    Deve ser um ótimo livro para manter na cabeceira.
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. UAU !!!!!
    58 Texto em um livro de 176 páginas?????
    Eu sou apaixonada pelo tema AMOR, tudo que seja relacionado ao amor já me encanta.
    Sim sou daquelas românticas boba e que suspira pelo canto. kkkkk
    Adorei sua resenha e parabéns pelo presente, a Pam acertou heim.
    Espero ler o livro em breve

    ResponderExcluir
  12. Olha eu sinceramente não conhecia esse livro, mas gostei bastante da sua resenha
    e também de suas impressões sobre o livro. Acho que até pegaria para ler para poder conhecer a escrita do autor
    e também para saber um pouco mais da estória, mas não agora sabe? Mas mesmo assim vou anotar a dica, porque achei que você desenvolveu muito bem sua resenha. Parabéns =] É sempre bom a gente conhecer leituras novas e sair do nosso estado de conforto !

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/10/resenha-contos-de-uma-fada.html?m=1

    ResponderExcluir
  13. Oii,
    Gostei da resenha. Muitos falam muito bem do livro.
    Mas ainda não tive a oportunidade de ler Carpinejar, mas quem sabe não é? :D

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oláá
    Eu tenho o livro aqui e quero muito ler em breve, essa capa está linda demais e adorei o tema das crônicas, além de ter escutado só elogios, sua resenha está ótima e que bom que a leitura te agradou,

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá. Sentir ao ler a sua resenha como se a obra não fosse para devorar rapidamente, e sim, degustar cada página e essa ideia me agradou bastante. Parece ser bem leve e cheia de reflexão.
    Com certeza irei anotar a dica de leitura.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Olá.. tudo bem?
    Você falou tão lindamente.... da leitura do livro e com suas histórias bem encaixadas... apesar de não ter curtido muito a premissa do livros por se tratar de várias histórias em um livro... fico feliz por você ter curtido o seu presente.... xero!!!!

    ResponderExcluir
  17. Oi Mari!!!
    A Pam é uma fofa, a história parece ser bem gostosa! Gostei de conhecer a sua opinião!
    Beijos flor!
    Paulinha
    http://overdoselite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Fico muito feliz que você tenha gostado do livro. Confesso que ele não faz muito o meu gênero, mas você falou tão bem que estou bem curiosa rsrs, então já está na minha lista de desejados.

    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Agradeço desde já sua visita, adoraria saber sua opinião, critica, elogio, sugestão.
Ah deixe seu link que assim que possível retribuo a visita e o comentário.
Alguma dúvida enviar o e-mail para mari.blogstoriesandavice@gmail.com.
Beijo Mari ♥