Não basta ser bom, é preciso querer ser bom.
Autor:  Paul Arden
Editora: Intrínseca 
Número de Páginas: 128

Sinopse: Não sou qualificado para falar de Deus. Vou falar de publicidade. É algo em que acredito." Com base em sua experiência, Paul Arden (1940-2008), lenda da publicidade mundial que atuou como executivo e diretor de criação da agência Saatchi & Saatchi por 15 anos, escreveu Não basta ser bom, é preciso querer ser bom, uma obra que alia slogans e imagens para desconstruir mitos sobre fracasso, criatividade e reputação.Paul Arden, cujo charme e bom humor também assinam Tudo o que você pensa, pense ao contrário e Explicando Deus numa corrida de táxi, decretou "É errado estar certo". A partir disso, ele traça um paralelo entre conquistas e ambição profissional com o mundo da publicidade, justificando seus conceitos com experiências pessoais, técnicas para layouts e referências a inesquecíveis campanhas publicitárias.Com uma linguagem provocativa, o autor investe na ruptura de conceitos e comportamentos consagrados, criando um guia com dicas sobre carreira e desenvolvimento profissional que, além de ser uma peça publicitária, é um manifesto contra o conformismo e uma prece à criatividade.


Minha Opinião:
Sabe aqueles livros estilo autoajuda, mas com uma pegada mais voltada para um conversa de amigos? Foi isso que senti durante a leitura, que foi bem rápida, então diria que foi mais um bate papo.

Talvez a mensagem principal esteja nas entrelinhas, porque logo de cara encontramos lições de como ser rico sem estudarmos. Por incrível que pareça, logo entendi de outra forma. Como você consegue ser bom naquilo que trabalha sem um mínimo de estudo? Não digo ir à faculdade, mas de alguma forma a pessoa estuda sim, através de livros e experiências dos colegas mais próximos, por exemplo. A faculdade é importante, é claro, mas não é tudo. Professores nos ensinam muito, mas na prática também aprendemos.

Um livro bem sistêmico, uma linguagem bem simples e direta. O autor sabe do que está falando, talvez por experiência própria ou analisando profissionais atuais e antigos.

Um dos textos que mais me chamou atenção foi o da página 51, que consegui me identificar de certa forma. Uma vez que sempre tive problemas com meus próprios erros, não suporto errar, mesmo que aprenda com eles, fico bloqueada diante de uma falha minha. Mas no decorrer da vida estou aprendendo a lidar com isso.

“é imporvável que a pessoa que não comete erros faça alguma coisa"*

*Sim um erro de propósito no livro.
https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif

“Um livro simples e direto sem longas delongas, não espere textos como encontramos em A arte da Guerra”.

Diagramação boa para leitura e trabalho gráfico conforme padrão da editora.


26 Comentários

  1. Olá, Mari!
    Esse provavelmente não é um livro que faça meu perfil. Mas, mesmo assim, obrigada pela dica. Quanto aos erros, não tenho problema nenhum com eles, eu erro e aprendo diariamente com isso.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu particularmente não curto esse tipo de leitura, porque eu acho que as vezes o autor fica muito limitado a suas próprias experiências e a uma realidade que muitas vezes não condiz com a realidade de todos. Tenho um professor na faculdade que adorava criticar algumas coisas se baseando na vida dele, mas a vida dele não é como a de todo mundo, entende? Mas em uma coisa ele está certo, aprendemos com nossos erros hehe. Bjs

    Território nº 6

    ResponderExcluir
  3. Olá Mari, o livro parece ser bem leve e com uma linguagem mais próxima, mas mesmo assim ele não é o tipo de livro que eu goste de ler...

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  4. Oi oi!
    Mesmo agora que descobri que é uma leitura mais "bate papo" e bem rápida, ainda não leria o livro.
    Autoajuda realmente não faz meu tipo de leitura, então, deixo passar.
    Mas achei bem legal essa parte que fala do erro, uma forma criativa de expressar a opinião do autor!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  5. Oii!
    O livro não faz meu tipo, por mais que você tenha dito que ele tem essa coisa de conversa com amigos. Autoajuda realmente não está no meu top de leitura.rs
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  6. Oii Mari!

    Parabéns pela resenha ^^
    Não tinha visto desse livro, mas parece ser bom :) A capa é bonita e o nome do livro me chamou a atenção ^^ Se o livro é bom é bem rápido de ler e já que esse livro é pequeno da pra ler em uns dois dias :)

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  7. Oie, gostei da sua resenha mas, literalmente não fui com o livro.
    Detesto livros de auto ajuda, mesmo aqueles que tem alguma história sempre acabam me deixando bastante entediada então, literalmente desisti do gênero.
    ;*

    www.saladadelivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Mari..
    Poxa gostei do livro, apesar de ler poucos de auto ajuda nos últimos tempos eu leria este sem problema. Eles sempre nos transmitem alguma lição. Gostei da resenha e de saber sua opinião.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oii, tudo bem?
    Eu adorei a sua resenha! Livros de auto-ajuda não são muito a minha praia porém você fez eu me interessar por esse, eu acho que ele tem algo de especial rsrs, ele já se encontra na minha listinha.

    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olha eu gostei bastante da sua resenha sobre o livro, mas não faz muito meu gênero de leitura.
    Eu sinceramente não pegaria para ler, mas gostei bastante de tudo que você desenvolveu sobre o livro. Achei muito bom. Me parece ter uma abordagem bastante interessante. Mas eu não sou muito chegada


    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/05/resenha-toda-luz-que-nao-podemos-ver.html

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Não curto o estilo, então provavelmente não lerei, mas essa pegada mais informal é bem interessante, nenhum dos poucos que li eram assim.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  12. Não estou lendo livros deste gênero. Dei uma parada. Quem sabe mais pra frente.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Nem a capa nem a premissa desse livro me empolgaram muito! Procuro ler de tudo, mas auto ajuda é um gênero que realmente não me atrai muito.
    Achei interessante você ter falado que o livro parece mais um bate papo, mas mesmo assim não é um livro que tenho interesse.

    Beijo :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Não conhecia o livro, mas achei a temática dele bem interessante.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi, flor!
    Recentemente, vi uma pesquisa que indicava (pasme!) que as pessoas mais ricas do mundo não tinham graduação. Sim, estudo não é tudo, com certeza. Mas também acho que, ao menos no Brasil, é difícil enriquecer sem ele. Apesar disso, achei muito curiosa a abordagem do autor. Conseguiu me deixar interessada.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Muito provavelmente são seja meu tipo de leitura. Mas como eu sempre estou buscando desafios em termos de leituras novas, quem sabe um dia eu não o leia.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Oie! Tudo bem?!

    Não costumo ler coisas do gênero, mas confesso que esse me agradou! Achei a capa bem legal e pelo que escreveu parece ser uma narrativa bem "de boa" =) E o livro é curtinho, dá pra ler super rápido...


    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  18. Oi, Mari!
    Não costumo gostar do gênero, mas esse livro foi uma exceção. Lerei com certeza. Fui fisgada pelo detalhezinho que você citou na página 51. Já quero!
    Com carinho,
    Celly.

    Me Livrando

    ResponderExcluir
  19. Olá Mari,
    Mesmo você tendo gostado do livro, eu não curto muito esse tipo de temática e sempre que tento, acabo largando o livro, hehehehe
    Então infelizmente terei que deixar passar essa leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Interessante! Concordo contigo sobre a questão da necessidade do estudo. Principalmente dele partindo de nós. Nossa procura, nosso desempenho e errar neste processo de aprendizagem é senão o essencial! Anotei o livro aqui!

    Abraços!!!
    Pensamentos Valem Ouro

    ResponderExcluir
  21. Ola! Tudo bem?
    Esse livro parece bem interesante. Acho que posso gostar dele.
    Adorei a sua resenha.
    Eu leio voce depois. :)
    Boas leituras!
    http://abracalibro.blogspot.com.es

    ResponderExcluir
  22. Oi!

    Gostei da sua resenha, mas esse livro não me chama muito atenção, não estou na viber de auto-ajudas, mesmo que esse tenha uma pegada diferente... Gostei da sua resenha, muito bem feita e desenvolvida!

    Abraços e até!

    http://lendoferozmente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Não costumo ler Auto ajudas mas darei uma chance a esse livro!
    Me parece o tipo de leitura que é sempre bem vinda para dar aquele up na auto estima e fazer com que não nos sentimos "tão errados" ou "diferentes. Gostei da proposta, além de ser um liro bem curtinho, coloquei na lista!
    Beijos
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Oh, não curto muito esse gênero de leitura, mas me pareceu bem interessante. Quando o autor consegue ser uma pessoa próxima e torna a leitura casual .
    Se tiver oportunidade darei uma chance, obrigada pela resenha.
    Angel Sakura
    www.euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  25. Oi Mari, sua linda, tudo bem?
    Existem várias histórias impressionantes de pessoas que só tinham o nível médio, em alguns casos, só o fundamental, que lutaram muito na vida e hoje, estão dando palestras, porque seus negócios deram certo e estão muito bem financeiramente. Acho que existem pessoas assim, com um dom, talento para negócios, eles definitivamente nasceram para brilhar. Parece que o livro fala mais ou menos sobre isso, essa foi a impressão que eu tive. Interessante a leitura.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Oi, Mari!
    Nossa faz tempo que vim aqui ^^
    Não faz meu estilo de leitura, mas sua resenha ficou ótima e deixa um gostinho de quero mais.
    Quem sabe um dia ;)

    Ótima resenha!
    Beijocas da Deebs!

    ResponderExcluir

Agradeço desde já sua visita, adoraria saber sua opinião, critica, elogio, sugestão.
Ah deixe seu link que assim que possível retribuo a visita e o comentário.
Alguma dúvida enviar o e-mail para mari.blogstoriesandavice@gmail.com.
Beijo Mari ♥