Dois garotos se beijando
Autor:  David Levithan
Editora: Galera
Número de Páginas: 224

Sinopse: Baseado em fatos reais e em parte narrado por uma geração que morreu em decorrência da Aids, o livro segue os passos de Harry e Craig, dois jovens de 17 anos que estão prestes a participar de um desafio: 32 horas se beijando para figurar no Livro dos Recordes. Enquanto tentam cumprir sua meta — e quebrar alguns tabus —, os dois chamam a atenção de outros jovens que também precisam lidar com questões universais como amor, identidade e a sensação de pertencer.


Minha Opinião:
Nunca tinha lido nada do autor. Logo que o livro chegou, de surpresa, aqui em casa, resolvi lê-lo e finalmente conhecer a escrita dele. Por diversas vezes só li elogios. Não foi diferente comigo. Realmente o livro é daqueles que prendem o leitor do início ao fim.

Conhecemos oito histórias distintas, mas com suas semelhanças e que, durante a leitura, vão se intercalando e, no fim, acabam se interligando de alguma forma.

Encontramos primeiro dois rapazes, um com o cabelo rosa e outro, azul, em uma festa LGBT. Avery (que possui cabelo rosa) na verdade nasceu em um corpo de menina, mas com o decorrer da vida foi se descobrindo. Já Ryan é a favor da causa LGBT. Os dois estão começando a se conhecer e estão com certo receio por suas descobertas.

Coorper é um jovem que vive nas redes sociais. Na vida real é um tanto solitário e, agora que seus pais descobriram sua opção sexual, decide fugir pra não ter que enfrentar a fúria deles, principalmente de seu pai que, a princípio, fica revoltado.

Já o jovem casal Neil e Peter são namorados há algum tempo, mas estão passando por um momento de certo vazio, uma inquietude, onde simplesmente deixam rolar os dias, sem aos menos uma conversa franca.

Tariq é o jovem que sempre foi tímido. Agora, depois que sofreu um ataque, ficou ainda pior em relação à sua opção e, de certa forma, ficou um pouco mais clara no ponto de vista das pessoas em sua volta. Ele é amigo do jovem casal, que é protagonista nessa obra, Craig e Harry.

Os dois jovens já foram namorados há um tempo atrás, mas hoje são apenas amigos. Mesmo que Craig sinta algo muito forte por Harry, os dois pretendem bater um recorde mundial, mas que, por trás de tudo isso, também de certa forma, é um protesto pelos gays do mundo inteiro, um apoio a cada um deles.

Cada dia mais esse assunto aparece nas redes sociais e na TV. O livro em si nos mostra uma visão um tanto distinta, desconhecida por mim inclusive. Respeito a opinião de cada pessoa. Não venho aqui escrever para apoiar algo, mas que pelo menos respeite o gosto de cada ser humano. O autor, de certa forma, me mostrou isso. Mostrou a luta pelo respeito. É um livro tão sensível e lindo, porque é o amor o que ele preza.

A leitura flui tão rápida que nem conseguimos notar o final do livro. Logo que terminamos, ficamos com aquela sensação de conhecer o outro lado da moeda. Se antes já respeitávamos, agora admirávamos a força por essa luta.


Um livro muito bom, em todos os aspectos. Diagramação perfeita, capa linda. A escrita conquista qualquer leitor. Foi minha primeira experiência com David e já é um livro favorito.



29 Comentários

  1. Poxa, que bom que gostou da obra. Estou louca para ler e quero para ontem. Já li algumas resenhas e tenho alguma noção do que se trata o livro. Vou indicar sua resenha na fanpage Literatura LGBT.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Poxa, que resenha linda. Eu tinha um pouco de receio em ler esse livro, mas pelo que você falou, não é nada demais e gostei muito de você ter se mantido aberta a premissa do livro. Bjs

    Território nº6

    ResponderExcluir
  3. Mari-flor,
    Adoro saber que esse livro é tão bom quanto os elogios fazem parecer. Eu estou ansiosa para conhecer a escrita do autor e, acredite, quero ler tudo dele antes mesmo de saber se gostarei (rs). Tenho praticamente todos os livros dele entre os que desejo ler.
    Eu acho a história desse livro, em especial, muito interessante e, até mesmo, importante para problematizar o relacionamento homossexual – é um convite para que o leitor acolha a diversidade, o que admiro muito na literatura. :) Com certeza, pretendo ler.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oii, tudo bem?
    Eu ainda não li esse livro, mas todos falam que ele é espetacular, é sempre bom podermos conhecer os dois lados da historia, com certeza o livro está no topo da minha lista de desejados.

    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Eu não gostei da temática desse livro. Não é uma coisa que me interesse e apesar de todos falarem que o livro é bom. Eu não irei ler.
    Sua resenha está muito boa.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Chorei com esse livro igual a uma criança, de verdade. Eu já tinha lido algumas outras coisas do autor, mas nada tinha sido como esse livro em particular. Não sei, acho que foi a narrativa que me emocionou mais, sabe?

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olha eu quase nem leio livros desse gênero, mas eu acho a proposta da história muito bacana, principalmente porque aborda um assunto muito polêmico na nossa sociedade. Acho legal, mas eu ainda não tive chance de ler nenhum livro sobre o assunto, mas mesmo assim gostei do que você abordou em sua resenha e espero ter a oportunidade de ler. Mas adorei o seu ponto de vista. Espero que seus outros leitores gostem bastante também =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/05/resenha-uma-vida-para-sempre.html

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/05/resenha-o-frances-que-caiu-do-ceu.html

    ResponderExcluir
  8. Nossa não conhecia esse livro e fiquei curiosa, já que o objetivo deles é entrar para os recordes, claro e a conscientização, fiquei me perguntando como seria o final.
    Muitas histórias homoafetivas vem ganhando espaço no mercado editorial, isso é maravilhoso, pois eu acredito que seja mais uma forma de vencermos os preconceitos.

    Abraços
    Fer
    http://www.matoporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Todos falam da beleza desse livro. Eu ainda não o li, mas pretendo fazê-lo em breve. Acho que o que mais me atrai nesse livro, além do tema em si, é a forma escolhida para contar a história.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Já li outros livro desse autor e não vejo a hora de ler Dois garotos se beijando.
    Bom saber que se trata de uma leitura fluída e interessante.
    Gostei da sinceridade na resenha
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  11. Nossa Mari
    Quando comecei a ler sua resenha, não pensei que o livro fosse ser tão intenso, ainda mais que fala sobre relacionamentos entre pessoas do mesmo sexo, não conheço a escrita do autor e fiquei super curiosa para conhecer essas histórias.
    Adorei sua resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Eu estou lendo este livro, mas parece que está um tanto arrastado, não é o fato da história ser ruim, nem nada, eu até gostei da proposta do autor, mas estou achando muitos personagens para um livro só, eu sentindo a falta de um desenvolvimento dos personagens principais... Bom, adorei a sua resenha e concordo em parte com ela! ;)

    Abraços e até!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oieee

    Vou ser bem sincera, essa é a primeira resenha que eu decidi ler. E estou bem feliz de ter lido pq eu imaginei que o livro era horrível e eu gostei bastante gracas a sua resenha!
    Adoreei, mas essa capa ficou bem tosca!

    Super beijo

    ResponderExcluir
  14. Olá, rsrs, meus amigos já me falaram muito desse livro, mas sinceramente não importa o que falam, não consigo me interessar por ele, então apesar dos elogios para com o livro não acho que o leria, rsrsrs >.<
    www.muchdreamer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Li esse livro recentemente e adorei a história dele!
    É um livro lindo e que fala principalmente sobre o amor! Seja entre duas pessoas do mesmo sexo, entre amigos ou entre a família.
    Acho que todo mundo ganharia um pouco lendo esse livro incrível!

    Beijo :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  16. Nunca li nada do David Levithan mas sempre falam que a leitura é rápido e boa.
    Não estou lendo livros com pegada dramática por enquanto, mas já inclui os livros do David na minha lista.

    Coração Leitor

    ResponderExcluir
  17. Amei, amei, amei o livro! Só tinha lido uma obra do autor, e agora quero ler todas, porque a escrita dele é muito boa!
    Achei demais a trama, faltam livros com mais histórias assim, que toquem o leitor.
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Quero ler este livro por conta da mensagem que ele passa, muito bonita, mas confesso que não é minha prioridade no momento.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  19. Olá; eu não havia tido curiosidade sobre esse livro, essa é a primeira resenha que leio dele e agora estou louca para lê-lo. Por tudo o que você escreveu, parece o tipo de história que eu adoraria ler e que tem potencial para se tornar um dos meus favoritos. Respeito deveria ser a palavra chave quando falamos de seres humanos.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Oi,miga!
    Noooossa!! Como eu amo esse cara! É o único que ainda não li,mas eu tenho CERTEZA que vou amar esse livro. Levithan é amor puro, Toda vez que leio alguma de suas obras fico imaginando como o mundo seria muito mais clorido e amigável se todos pensassem e agissem com respeito ao próximo.
    Amei a resenha e agora, o que eu faço? Piro né!

    Bjs! Te adoro demais!
    Zilda Peixoto
    http://www.cacholaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  21. Esse livro eu denomino como intenso. Foi tão complexo em sua simplicidade. Realmente recomendo muito ele também.
    Aquela cena do ame ele porque ele é uma boa pessoa, por ser seu filho foi , nossa uau.

    ResponderExcluir
  22. Sou doida pra ler esse livro do autor
    Nunca li nada dele e agora que vc falou que gostou do início ao fim fiquei bastante animada.
    Nossa 8 histórias , deve ser bem diferente de tudo que já li
    Adorei sua resenha
    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Já tentei ler dois livros do autor e infelizmente não gostei da escrita dela, por isso não irei ler este, por ,mais que a temática seja interessante.
    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  24. Até hoje eu nunca li nada do David, mas tenho bastante curiosidade!
    Acho bacana que ele sempre dá um jeitinho de tratar de assuntos com tabus da forma mais natural possível.
    Amo quando o autor vai construindo histórias separas e as interliga no final ( aconteceu em "Quando tudo volta", que é um dos meus livros favoritos até hoje <3)

    Adorei a resenha!
    Beijos,
    http://www.lanaminhaestante.com

    ResponderExcluir
  25. Oie, tudo bom?
    Eu só li um livro do Levithan e não era com a temática homossexual. Esse livro já fez burburinho com a capa e tenho muita vontade de conhecer a história porque parece ser uma narrativa que leva a reflexão. Acredito que ele consegue passar uma mensagem bacana para o público.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Oi Mari,
    Tô louca pra fazer essa leitura.
    Só leio elogios ao livro e acho super válido quando autores chamam atenção para a causa LGBT
    Precisamos quebrar os tabus e amenizar o preconceito que ainda é tanto.
    Amei a sua resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  27. Olá! Só li "Todo dia" do autor, mas gostei muito da narrativa e da história. Estou muito curiosa para ler esse livro, conferir como o autor desenvolveu a história e ligou os personagens. Pelo visto, deve ter ficado muito bom, pois até agora só li comentários positivos a respeito da obra =) Que bom que você se surpreendeu, fiquei ainda com mais vontade de ler após conferir sua resenha. Beijos!

    ResponderExcluir
  28. Olá.
    Ainda não li nada do autor, mas ouço falar muito bem realmente. Este livro foi muito comentado no último mês e a maioria comentários positivos, não estou acostumada a este tipo de leitura com ênfase no homossexualhomossexuaislismo por isso acho que seria bem interessante.

    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/?

    ResponderExcluir
  29. Oi Mari, tudo bem?
    Esse livro parece ser bem legal e já estou pensando na possibilidade de lê-lo por ver muitas críticas positivas, já li o Todo Dia do autor e adorei, espero não ser diferente com esse novo livro dele.

    ResponderExcluir

Agradeço desde já sua visita, adoraria saber sua opinião, critica, elogio, sugestão.
Ah deixe seu link que assim que possível retribuo a visita e o comentário.
Alguma dúvida enviar o e-mail para mari.blogstoriesandavice@gmail.com.
Beijo Mari ♥